Servidores discutem mobilização para defesa do IPE e para protestar contra o índice proposto de reajuste

08.Abril.2022

Representantes das entidades ligadas aos servidores públicos do Estado reuniram-se na quinta-feira (07), na sede do CPERS, para discutir sobre a crise do IPE Saúde. A situação do plano é dramática, com dívidas acumuladas com hospitais, médicos e laboratórios, o que coloca em risco a sua própria existência.
 
Outro ponto debatido foi em relação ao índice de 6% de reposição proposto pelo governo. Este é um reajuste menor que a inflação oficial do ano passado, calculada em 10,06%, e não leva em conta os 7 anos de salários congelados e a redução imposta aos aposentados pela Reforma da Previdência de Bolsonaro e Leite.
 
As entidades definiram realizar um grande ato público na frente do IPE, saindo em caminhada até o Palácio Piratini, no próximo dia 26 de abril, para exigir que o governo aporte os recursos necessários para dar estabilidade ao plano de saúde e também para protestar contra o reajuste proposto.
Icons made by Bullseye from www.flaticon.com is licensed by CC 3.0 BY