Covid-19: centrais sindicais exigem vacinas para toda a população

25.Fevereiro.2021

As centrais sindicais que representam os trabalhadores do Rio Grande do Sul encaminharam, na quarta-feira, 24, uma carta ao governador Eduardo Leite (PSDB) exigindo vacinas para toda a população e solicitando medidas mais duras para conter o avanço da Covid-19.

As centrais reforçam o compromisso assumido pelo governo de adquirir vacinas em quantidade suficiente para imunizar toda a população, viabilizando ampla testagem e oferecendo o necessário socorro às pessoas contaminadas, instalando postos emergenciais de atendimento e hospitais de campanha.

“A aquisição das doses de vacinas pelos estados e municípios já está autorizada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) e, no estado, a Assembleia Legislativa aprovou a autorização para a aquisição. Os recursos estão garantidos pela manutenção das alíquotas de ICMS votada no final do ano passado”, destaca o sindicalista Érico Corrêa.

Durante o ato de entrega do documento ao governo, cruzes, simbolizando às milhares de vítimas da Covid-19, foram colocadas em frente ao Palácio Piratini e na esplanada da Assembleia Legislativa. “O Brasil tem a triste marca de mais de 250 mil mortos, fruto das políticas equivocadas e negacionistas do governo Bolsonaro, que sequer se preparou para adquirir as vacinas de forma célere”, conclui Érico.

As seguintes entidades sindicais assinaram a carta: CTB, CUT, CGTB, NCST, Força Sindical, CSB, UGT, CSP-Conlutas, Pública, Intersindical e Fórum pelos Direitos & Liberdades Democráticas.

Icons made by Bullseye from www.flaticon.com is licensed by CC 3.0 BY