Servidores alertam para os riscos da reforma administrativa

30.Setembro.2020

Sob chuva, servidores das três esferas realizaram no final da manhã desta quarta-feira, 30, em frente ao Hospital de Pronto Socorro de Porto Alegre (HPS) um ato de protesto contra a proposta de reforma administrativa encaminhada ao Congresso Nacional pelo governo Bolsonaro no dia 3 deste mês e contra o desmonte dos serviços públicos.
 
A proposta do governo prevê, entre outras medidas, o fim do regime jurídico único; o fim da estabilidade para cargos com atividades administrativas, técnicas ou especializadas; e a ampliação de poderes ao presidente para extinguir e transformar cargos, e para reorganizar autarquias e fundações sem passar pelo Congresso.
 
Através de um discurso mentiroso, o governo se utiliza dos altos vencimentos de uma casta para atacar a totalidade dos servidores. Em nenhum momento, o presidente, ministros e a base de apoio no Congresso dizem à população que mais da metade do funcionalismo tem vencimentos de até quatro salários mínimos.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Icons made by Bullseye from www.flaticon.com is licensed by CC 3.0 BY