GISAE: 4ª Câmara decidiu por extinguir o processo. Nada está perdido. Segue a luta!

13.Agosto.2020

O desembargador relator, que desde o início do processo criou incidentes no sentido de não julgá-lo, conseguiu seu intento: determinou que o polo passivo da ação não poderia ser o Estado do RS e sim o IPE. Um verdadeiro absurdo, mas que, infelizmente adia uma conquista tão esperada por toda a categoria.

Não vamos desistir. Somos guerreiros e sabemos que a verdade está conosco. O Judiciário dificilmente se coloca ao lado dos trabalhadores. Nossos advogados estarão trabalhando para construir uma saída, perdemos uma batalha, mas não perdemos a causa. Peço a todos e todas que aguardem nossa manifestação. Iremos publicar a sentença e também daremos um novo encaminhamento para a questão. Certamente ficamos todos baqueados com este absurdo, mas seguiremos lutando.

Érico Corrêa

 
 
 
Icons made by Bullseye from www.flaticon.com is licensed by CC 3.0 BY