Sindsepers e Sindicaixa lançam nova fase da campanha

10.Julho.2020

Nesta sexta-feira, 10 julho, Dia Nacional de Mobilização pelo Fora Bolsonaro, o Sindicaixa e o Sindsepers lançaram a segunda fase da Campanha Duas caras, uma só política, mostrando como Eduardo Leite e Bolsonaro representam duas faces da mesma política.

O lançamento ocorre em um dia particularmente triste para o Rio Grande do Sul, aponta Diva Costa, presidenta do Sindsepers. “Nosso estado bateu o recorde de 53 mortes pela Covid-19 num único dia. Isto é mais do que o Uruguai perdeu em todo o ano”, lamentou. A sindicalista destacou que, “há tempos, estamos alertando sobre o impacto das escolhas desastrosas de Leite e Bolsonaro. Estas mortes são resultado da abertura indiscriminada das atividades econômicas, há 20 dias. Infelizmente, tempo necessário para o contágio, internação e morte. Este é o resultado de quem coloca o lucro à frente da vida. E tanto Bolsonaro quanto Leite têm responsabilidade nisso”.

A campanha desmarcara a tentativa de Eduardo Leite de se distanciar da péssima imagem de Bolsonaro, inclusive com a ajuda da mídia. Mas o fato é que Leite não só apoiou a eleição de Bolsonaro como utiliza a mesma cartilha do governo federal nas principais propostas de gestão. “Leite e Bolsonaro atacam o funcionalismo público, confiscam direitos dos trabalhadores e aposentados, e servem a interesses que valorizam o lucro em vez da vida”, salienta o presidente do Sindicaixa, Érico Corrêa.

Para denunciar como Leite e Bolsonaro são perigosos para a população, Érico destacou que o objetivo da campanha “é denunciar o descaso e os ataques de Leite e Bolsonaro contra os direitos dos trabalhadores e o serviço público, que acabam afetando toda a população gaúcha. O que está ocorrendo, neste momento, é um atentado à vida”, afirmou. Na campanha, os sindicatos mostram que os trabalhadores da linha de frente estão desprotegidos e com salários atrasados e parcelados, exigem testagem em massa e equipamentos de proteção adequados e em quantidade suficiente para todos que precisam sair para trabalhar. Além disso, defendem que os protocolos de segurança sanitária sejam definidos de acordo com a Ciência, não com pressões econômicas.

Icons made by Bullseye from www.flaticon.com is licensed by CC 3.0 BY