Governo Leite mantém política salarial que penaliza os servidores

10.Junho.2020

O governo do estado divulgou na terça-feira, 09, o calendário de pagamento dos vencimentos de maio. Em meio a uma pandemia, período em que as pessoas mais necessitam dos seus salários, o governador Eduardo Leite (PSDB) mantém a política de atrasos e parcelamentos.

De acordo com o calendário, o pagamento de maio somente será totalizado no dia 13 de julho. Servidores com vencimentos até R$ 1.500 líquidos receberão nesta quarta-feira, 10. A partir deste valor, o pagamento será em parcelas: R$ 1.500, em 12 de junho; R$ 700, em 30 de junho; e R$ 800, em 10 de julho.

O Sindicaixa continua cobrando o fim desta prática. Para o presidente do sindicato, Érico Corrêa, não é possível que o governo Leite, em meio a maior pandemia enfrentada pelo país, continue com uma política que penaliza os servidores públicos e seus dependentes.

 


 

Icons made by Bullseye from www.flaticon.com is licensed by CC 3.0 BY