Greve unificada dos servidores públicos

28.Novembro.2019

O dia de mobilização reuniu centenas de servidores defronte à Secretaria da Agricultura

Uma atividade simbólica e muito importante marcou o segundo dia da greve unificada dos servidores públicos contra o pacote da morte encaminhado pelo governador Eduardo Leite (PSDB) à Assembleia Legislativa. A manifestação, em frente à Secretaria da Agricultura, na zona Sul de Porto Alegre, reuniu centenas de trabalhadores. Na avenida Getúlio Vargas, 500kg de bananas foram distribuídas aos motoristas e pedestres.

O dia de mobilização e organização da greve na capital também registrou atividades no Centro Administrativo do Estado (CAFF) e no Sanatório Partenon.

A greve também ganha envergadura no interior, com paralisações muito fortes em praticamente todas as regiões. Cem por cento dos colegas da agricultura de Santo Ângelo, nas Missões, cruzaram os braços. O mesmo ocorreu em Caxias do Sul e Farroupilha, na serra. Já em Santa Cruz do Sul e Vera Cruz, no Vale do Rio Pardo, além do pessoal da agricultura, a adesão à greve também contou com colegas do meio ambiente.

Em Sant’Ana do Livramento, na região da Campanha, a praça General Osório foi ocupada por servidores na manhã desta quinta-feira, 28, entre eles os colegas do Sindicaixa. Colegas também estiveram presentes em atividades realizadas em Erechim, São Sepé,

Já à noite, em diversos pontos do Estado, servidores do Sindicaixa participaram, junto com colegas de outras categorias e educadores, de caminhadas iluminadas. “A greve alastra-se dia a dia e cada vez mais conta com a simpatia da população”, avalia o presidente do Sindicaixa, Érico Corrêa.

 
Icons made by Bullseye from www.flaticon.com is licensed by CC 3.0 BY