Servidores entregam comunicado de greve ao governo

20.Novembro.2019

Servidores ligados ao Sindicaixa, Sindsepe-RS e Afagro entregaram no final da manhã desta quarta-feira, 20, ao secretário adjunto da Casa Civil, Bruno Pinto de Freitas, documento comunicando o início da greve por tempo indeterminado a partir do próximo dia 26. Nos próximos dias, a paralisação em importantes órgãos do Estado será comunicada à população, através de um apedido a ser publicado num dos jornais impressos de Porto alegre.

“Os servidores não gostariam de entrar em greve, mas não resta outra alternativa diante de um quadro com quase 50 meses de salários atrasados e parcelados, mais de cinco anos sem reposição da inflação e agora com um pacote enviado ao Legislativo que desmonta serviços de saúde, educação, segurança, transporte, entre outros, e ataca direitos históricos dos servidores”, adverte o presidente do Sindicaixa Érico Corrêa.   

A mobilização contra o Pacote da Morte aumenta diariamente. Na segunda-feira, 19, foram realizadas reuniões com servidores do Hospital São Pedro e do Sanatório Partenon, com excelente participação. A agenda tem para os próximos dias reuniões com colegas do Hemocentro, Hospital São Pedro, CAFF, ESP, SDR/Fepagro e IPVDF.

Segundo levantamento do CPERS/Sindicato, ao menos 1.176 escolas registraram adesão à greve dos educadores já em andamento, a maioria fechou totalmente. De acordo com o sindicato, a paralisação é crescente, com cerca de 70% de engajamento da categoria até o momento.

Icons made by Bullseye from www.flaticon.com is licensed by CC 3.0 BY