Palestra e debate sobre os prejuízos da reforma da Previdência

02.Abril.2019

O auditório do Sanatório Partenon, em Porto Alegre, ficou lotado na manhã desta terça-feira, 02, para uma palestra sobre a reforma da Previdência. A especialista em Direito Previdenciário Marilinda Marques Fernandes falou para mais de 70 pessoas em atividade organizada pelo Sindsepe-RS e pelo Sindicaixa.

Um dos argumentos do governo para a reforma é o de que a expectativa de vida tem aumentado no Brasil. Sobre isso, Marilinda afirma ser preciso ver o tema sob outra perspectiva, a da subocupação da mão de obra. Cinquenta milhões de pessoas não estão contribuindo para a previdência devido ao desemprego e ao subemprego. “Falta um projeto de desenvolvimento para o país”, critica a especialista.

Marilinda criticou o sistema de capitalização. Segundo afirma, o brasileiro não tem cultura para a poupança e sim para o consumo, prática incentivada pelos governos e pelos meios de comunicação. Para agravar a situação, os fundos de previdência estão sujeitos as oscilações do mercado, não sendo, portanto, garantia para ninguém. Além disso, para esses fundos apenas o trabalhador contribui e quando está trabalhando.

De acordo com a proposta de reforma de autoria do Executivo em tramitação no Congresso Nacional ou você trabalha até os 62 anos (mulheres) e 65 anos (homens) ou está fora do sistema de previdência. Marilinda ainda criticou o fim das aposentadorias especiais e o tratamento igualitário para mulheres e homens do meio rural, onde todos devem se aposentar com 60 anos de idade. Ao igualar a idade, a reforma desconsidera as diferenças biológicas entre os homens e as mulheres.

O presidente do Sindicaixa, Érico Corrêa, disse que “não tem esconderijo para ninguém, estando todo mundo exposto”. Para o sindicalista, a maior conquista dos trabalhadores brasileiros está em risco, e “nós temos um compromisso com quem lutou para que pudéssemos ter o atual sistema solidário de aposentadorias e pelas gerações futuras. Corrêa concluiu afirmando que o único modo de derrotar esse ataque é com muita luta nas ruas.

Icons made by Bullseye from www.flaticon.com is licensed by CC 3.0 BY